Podemos pode lançar Flávio Arns ao governo do Paraná para sustentar candidatura de Sergio Moro

Podemos pode lançar Flávio Arns ao governo do Paraná para sustentar candidatura de Sergio Moro

A pré-candidatura do ex-juiz Sergio Moro, que será materializada no próximo dia 10, na sua filiação ao Podemos, em Brasília, ensejará o lançamento do senador Flávio Arns (Podemos) ao governo do Paraná.

A candidatura de Arns seria uma espécie de radar para o mundo político determinar se a disposição de Moro ao Palácio do Planalto é para valer, ou não. Hoje, sem estruturação nos estados, o nome do ex-juiz se parece mais com uma “piada de salão”.

No Paraná, base eleitoral de Moro e Arns, o governador Ratinho Junior (PSD) é aliado do presidente Jair Bolsonaro. Eles têm juras de amor eterno.

Candidato a presidente da República que se preze precisa de palanques regionais. A não ser que Ratinho rife Bolsonaro, o ex-juiz necessita de uma sustentação em seu estado –caso contrário sua candidatura à Presidência não passará de uma “gargalhada” momentânea.

A candidatura de Flavio Arns, além de potencializar a de Sergio Moro, também teria o condão de catapultar o projeto de reeleição do senador Alvaro Dias, cujo mandato vence 31 de janeiro de 2022.

Portanto, caro leitor, preste a atenção em Flávio Arns.

Quem é Flávio Arns

Deputado federal por três mandatos (1991-1995, 1995-1999 e 1999-2003) e senador por duas vezes (2003-2011 e 2019-2027). Ele já disputou o governo do Paraná, em 2006, obtendo o terceiro lugar com 9,3% dos votos.

Leia também

Sergio Moro não conseguiu nem eleger vereador em Curitiba

Globo afirma que Sergio Moro vai se filiar no Podemos para disputar a presidência em 2022

Rodrigo Pacheco filia-se ao PSD de olho na vice de Luiz Inácio Lula da Silva na eleição de 2022