Globo afirma que Sergio Moro vai se filiar no Podemos para disputar a presidência em 2022

Globo afirma que Sergio Moro vai se filiar no Podemos para disputar a presidência em 2022

Globo, jornalão que deu retaguarda às inconstitucionalidades da Lava Jato, afirma que o ex-juiz Sérgio Moro vai assinar ficha de filiação do Podemos para concorrer à Presidência da República em 2022. Uma mera formalidade, portanto, porque o coração do ex-magistrado sempre foi desse partido de centro-direita.

No entanto, os veículos de comunicação dos Marinhos consideram uma “aventura” do ex-juiz da Lava Jato. “O Podemos, partido pelo qual Moro vai se aventurar nas urnas, marcou para o dia 10 de novembro seu evento de filiação”, registrou a colunista Bela Megale.

O Globo indicou que o ato de filiação será no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

As pesquisas de opinião dizem que Moro tem desempenho pífio, mas, segundo o jornalão carioca, mesmo assim, Moro bateu o martelo sobre sua filiação quando esteve no Brasil, no mês passado, para uma rodada de conversas sobre seu futuro político.

Uma candidatura de Sergio Moro à Presidência, analisando os números das pesquisas, teria o claro objetivo de “linha auxiliar” para ajudar forçar o segundo turno. Ou seja, ajudaria o projeto de reeleição do presidente Jair Bolsonaro.

Os institutos de pesquisa afirmam que Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, lidera as intenções de voto e poderá ganhar a eleição do ano quem já no primeiro turno.

Embora aponte o Palácio do Planalto, Globo admite que ex-juiz deve mesmo concorrer ao Senado. Pelo jeito, por Brasília. Pelo Paraná, Alvaro Dias tentará a reeleição.

Resumo da ópera: se se aventurar nas eleições 2022, Sergio Moro vai mesmo disputar o Senado. O resto é fake news da velha mídia corporativa.

Leia também

Rodrigo Pacheco filia-se ao PSD de olho na vice de Luiz Inácio Lula da Silva na eleição de 2022

Caravana Requião chega no sábado em Ponta Grossa

Flávio Dino disse que ‘já não havia política econômica séria’ no governo Bolsonaro