globo e bolsonaro

Copa América: Globo sofre goleada de Bolsonaro no STF

  • Apensar de ser contra a Copa América, a TV Globo continua transmitindo jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo e partidas do Brasileirão 2021 como se não houvesse pandemia

O Supremo Tribunal Federal decidiu “parcialmente” que a Copa América será mesmo realizada no Brasil. A tendência é que a corte máxima decida a favor da realização do evento da Conmebol a partir de 13 de junho.

Quatro ministros do STF já votaram nas ações favoravelmente à competição nos estados do Rio de Janeiro, Mato Grosso e Distrito Federal.

A ministra Cármen Lúcia, relatora de dois pedidos de suspensão do evento, votou pela rejeição das ações e foi acompanhada por Marco Aurélio Mello. Ricardo Lewandowski e Edson Fachin votaram para que o governo apresente um plano de segurança para a realização do campeonato.

Os ministros poderão votar ao longo desta quinta-feira. A abertura da Copa América está marcada para domingo.

Leia também

Na prática, o placar parcial está 4 x 0 no Supremo.

Em abstrato, a TV Globo sofre uma goleada histórica do presidente Jair Bolsonaro no tribunal.

Bolsonaro bateu o martelo pela realização da Copa América no Brasil depois que Colômbia e Argentina “amarelaram” por motivos políticos e sanitários, respectivamente.

Ato contínuo, a Globo se insurgiu porque os direitos de transmissão são do SBT, do empresário Silvio Santos, sogro de Fábio Faria, ministro das Comunicações do governo Bolsonaro.

Apensar de ser contra a Copa América, a TV Globo continua transmitindo jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo e partidas do Brasileirão 2021 como se não houvesse pandemia.

Moral da história, segundo o STF: pau que bate em Chico, também batem Francisco.