Bolsonaro e Renato Gaúcho

Bolsonaro pede à CBF Renato Gaúcho como técnico da Seleção Brasileira

O presidente Jair Bolsonaro pressiona a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para demitir o atual técnico Tite para substituí-lo por Renato Gaúcho, do Grêmio.

Desde abril do ano passado, Renato Gaúcho virou uma espécie consultor de Bolsonaro no debate sobre volta do futebol na pandemia.

No entanto, é no contexto da realização da Copa América no Brasil que Bolsonaro pede a cabeça de Tite e a nomeação de Gaúcho.

Leia também
Derrota de Bolsonaro: jogadores decidiram não jogar a Copa América no Brasil

Com lideranças de 13 partidos, Geringonça fará encontro presencial dia 15 de junho no Paraná

Esquerda pode vencer 2º turno nas eleições presidenciais do Peru neste domingo

Tite se alinhou com jogadores que atuam no futebol internacional contra a realização da competição da Conmebol, que começa dia 13 de junho.

Bolsonaro tem a promessa do presidente da CBF, Rogério Caboclo, de mudar o treinador da Seleção Brasileira na terça-feira (8/6).

A tendência é sair Tite e entrar Renato Gaúcho.