cpi covid 19

Câmara também poderá instalar CPI da Covid

Embalada pela CPI da Covid no Senado, os deputados federais também almejam a instalação de uma comissão de investigação na Câmara.

O movimento ganhou força na Câmara com a ordem do Supremo Tribunal Federal (STF) na última quinta-feira (8/4), que determinou a criação da CPI no Senado.

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), disse que a CPI da Covid é fundamental na luta pela vacina e para chamar governo federal a agir corretamente.

“Investigar e cobrar crimes de Bolsonaro é melhor contribuição do Congresso para nos salvar da tragédia, o que nunca impediu nem impedirá outras ações do Legislativo, inclusive impeachment” afirmou a dirigente petista.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), defensora da CPI, afirma que mais de 100 mil brasileiros serão mortos em abril pela covid. Segundo ela, os números do Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde) mais do que justifica a instalação da comissão de investigação.

Leia também

A deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) avalia que o presidente Jair Bolsonaro está se “borrando” com a CPI da pandemia. “Por isso as declarações de desespero e apelação dele.”

Os deputados favoráveis à CPI da Covid na Câmara terão de driblar a resistência do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), que, assim como Rodrigo Pacheco (DEM-MG), do Senado, é contrário à investigação da omissão do governo na pandemia.

Lira Pacheco são do grupo autodenomidado “Centrão” no Congresso Nacional.

“É um bando de picaretas que quer levar um capilé, uma vantagem, seja da esquerda ou da direita, que quer levar uma vantagem pessoal”, resumiu o ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) durante uma live. “O Centrão cobra voto”, disse.