Indicado de Bolsonaro ao STF será sabatinado pela CCJ do Senado no dia 21 de outubro

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado marcou a sabatina do desembargador Kassio Nunes Marques, indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), para 21 de outubro.

Kassio Marques, que é desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), foi indicado por Bolsonaro para assumir a vaga de ministro do STF que será aberta com a aposentadoria de Celso de Mello no próximo dia 13.

O decano do Supremo antecipou sua aposentadoria, antes prevista para 1º de novembro, por motivos de saúde.

LEIA TAMBÉM
Trump sem máscara e sem votos para a eleição de 3 de novembro

Gleisi sobre a “fuga” de Moro para os EUA: “Já vai tarde”

Perfis ligados a Sérgio Moro sobem “Derrete Bolsonaro” e programam Tuitaço

Se o desembargador for aprovado pela CCJ do Senado, sua indicação deverá ser analisada no mesmo dia pelo plenário da Casa.

Compartilhe agora