Trump sem máscara e sem votos para a eleição de 3 de novembro

O presidente americano repetiu hoje (6) uma corriqueira cena em frente a Casa Branca, em Washington, ao aparecer sem máscara mesmo após ficar 3 dias internado por conta da doença SARS-COV-2.

Pretendendo correr atrás do prejuízo, como se diz no futebol, o presidente Trump tuitou na terça-feira que pretendia debater o ex-vice-presidente Joe Biden na próxima semana em Miami, no estado da Flórida.

“Estou ansioso para o debate na noite de quinta-feira, 15 de outubro em Miami. Vai ser ótimo!”, escreveu Trump. “SENTINDO ÓTIMO!”, acrescentou.

Segundo médicos da Casa Branca, Donald Trump não tem sintomas da doença. No entanto, como o seguro já morreu de velho, cerca de 40 senadores correram fazer o teste para a SARS-COV-2.

O fato de o presidente americano minimizar o poder devastador da doença levou o Facebook a apagar uma postagem dele sorte o tema.

Trump deixou o hospital, já está em casa, sem máscara e –ao que parece– sem votos necessários para continuar no cargo.

Segundo pesquisa divulgada neste domingo (4) pelo Wall Street Journal, o presidente está 14 pontos atrás de Biden a menos de um mês da eleição.

Compartilhe agora