Deputado petista pedirá apreensão do passaporte de Weintraub

O deputado federal Rogério Correia (PT-MG) afirmou nesta sexta-feira (19) que vai pedir a apreensão do passaporte do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, demitido do cargo ontem (18).

Para o deputado petista, o ex-ministro pode fugir do Brasil para não ser preso.

“Tenho comigo que ele pode vir a querer fugir do Brasil. Ele tentou habeas corpus no Supremo Tribunal Federal e não conseguiu. E agora está dizendo que o Bolsonaro vai lhe dar um cargo no Banco Mundial, que tem sede em Washington, embora tenho funcionamento aqui”, disse Correia, em entrevista à Radio Itatiaia de Belo Horizonte (MG).

“Ele pode muito bem, a pretexto do serviço que prestar, fugir do Brasil com os crimes que ele está cometendo. A prisão dele é uma possibilidade real, depois que ele disse que iria prender ministros do Supremo e chamou os ministros duas vezes de vagabundos”, argumentou o deputado.

LEIA TAMBÉM:
Weintraub “caiu para cima” com salário de R$ 1,39 milhão no Banco Mundial

‘Weintraub ajudou a quebrar o Banco Votorantim’, diz Maia

‘Isolado ficará quem for contra o impeachment’, diz Gleisi em artigo na Folha

Na manhã desta sexta-feira, Weintraub publicou em uma rede social que pretende deixar o país o mais rápido possível.

Considerado por muitos como o pior ministro da Educação da história, Abraham Weintraub é alvo do inquérito das fake news, que tramita no Supremo, e também de uma investigação no tribunal por crime de racismo contra os chineses.