Covid: Trump apela para a xenofobia e diz que vai suspender a imigração para os Estados Unidos

“É uma farsa’, diz o cartaz em inglês mostrando o avanço do coronavírus nos Estados Unidos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na noite desta segunda-feira (20) que fecharia os Estados Unidos às pessoas que tentam imigrar para o país, a mais recente de uma série de restrições para reprimir o ingresso de estrangeiros à medida que o surto de coronavírus continua.

“À luz do ataque do inimigo invisível, bem como da necessidade de proteger os empregos de nossos GRANDES Cidadãos Americanos”, escreveu Trump no Twitter, “assinarei uma Ordem Executiva para suspender temporariamente a imigração para os Estados Unidos!”

Nas últimas semanas, o governo Trump agiu rapidamente para impedir que solicitantes de asilo e imigrantes sem documentados ingressem no país.

Alarmados, advogados de imigração que disseram que Trump e seus conselheiros estão usando uma pandemia global para promover políticas de imigração de linha dura.

Ou seja, Donald Trump quer culpar os imigrantes pela disseminação do coronavírus, por meio da xenofobia, quando, na verdade, ele demorou para agir contra a pandemia. O Blog do Esmael já discutiu isso várias vezes, acerca da omissão do presidente da americano e o reflexo disso na economia e na política.

Com informações do New York Times

LEIA TAMBÉM
81,9% dos brasileiros foram impactados financeiramente pelo coronavírus, revela pesquisa

Facebook remove convocação de protesto contra a quarentena nos EUA

Eduardo Bolsonaro ataca Joice Hasselmann e pede fim da CPI das Fake News

URGENTE: Lula abre a discussão do “Fora Bolsonaro” em reunião do PT nesta terça-feira

O debate será por videoconferência e terá transmissão aberta pelas redes sociais do ex-presidente e do Partido dos Trabalhadores, podendo ser acompanhada por todos.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, os líderes da bancada Enio Verri (Câmara) e Rogério Carvalho (Senado) e o candidato do partido nas eleições de 2018, Fernando Haddad, participarão da reunião.

O PT tem a maior bancada na Câmara dos Deputados, com 53 parlamentares, e também seis senadores, sendo o maior partido de oposição.

Em entrevista semana passada ao jornal inglês The Guardian, Lula afirmou que Bolsonaro está conduzindo o Brasil “ao matadouro” pela forma com que está lindando com a pandemia de covid-19 e que não tem condições psicológicas de presidir o país.