Globo diz que Weintraub está no “bico do corvo” e pode ser demitido por Bolsonaro

A Rede Globo, aderida formalmente ao governo, registrou nesta terça-feira (28) que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, poderá ser demitido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na volta da Índia.

São fortes as pressões políticas e acadêmicas pela demissão de Weintraub, que coleciona incompetência na gestão do MEC. O último diz respeito ao Enem (Exame Nacional de Ensino Médio), cujos erros nos resultados impacta a vida de milhões de estudantes que sonham entrar na universidade.

A Globo apresenta uma “excludente” às pressões pela degola de Abraham Weintraub: ‘o presidente Bolsonaro gosta do ministro da Educação’.

Porém, o presidente Jair Bolsonaro chegou hoje pela manhã em Brasília e mostrou que seu “facão” está afiado. Ele demitiu o ministro em exercício da Casa Civil, José Vicente Santini, que usou uma avião da FAB para participar do Fórum Mundial Econômico, em Davos, na Suíça, e integrar a comitiva presidencial em Nova Déli, na Índia.

LEIA TAMBÉM
MEC suspende inscrições para o Prouni

AGU entrará com novo recurso contra decisão que impede divulgação do Sisu

Ministro da Educação comemora suposta demissão de Reinaldo Azevedo nas redes sociais