Ministro da Educação comemora nas redes sociais suposta demissão de Reinaldo Azevedo

Compartilhe agora
Weintraub divulga fake news sobre demissão de Reinaldo Azevedo.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou o Twitter na manhã desta segunda-feira (27) para comemorar a suposta demissão do jornalista Reinaldo Azevedo da rádio BandNews FM.

“Ora ora ora e tal e tal e tal. Perguntar não ofende: será que, após os gastos milionários do Estado de São Paulo (Doria/PSDB) com rádios privadas, esta pessoa terá dificuldade em se recolocar? Vejam, paulistas, como o dinheiro de seu IPVA é ‘bem’ aproveitado”, escreveu o ministro na rede social.

O programa do jornalista “O É da Coisa” não foi ao ar na sexta-feira (25) na BandNews, o que gerou boatos sobre censura e até mesmo uma suposta demissão.

LEIA TAMBÉM:
Lula defende Marília Arraes para a prefeitura do Recife

Lula agradece prêmio internacional de direitos humanos

Cartas que Lula recebeu na prisão vão virar filme

Neste domingo (26), Reinaldo Azevedo afirmou em sua coluna no site UOL que não sofreu censura e que não apresentou seu programa na rádio porque teve que “resolver problemas pessoais”.

“Caras e caros, agradeço a preocupação de muita gente que se manifesta nas redes sociais e também dos meus amigos. Não fiz o programa ‘O É da Coisa’ na sexta. Nada tem a ver com censura! Zero! Minha liberdade de opinião na BandNews FM é plena. Jamais sofri qualquer tipo de assédio nesse sentido. Tive de resolver problemas pessoais. ‘Ah, está desconversando…’ Não estou. Quando eu voltar, verão que não! Espero estar de volta na segunda-feira”, esclareceu.

Confira a fake news publicada por Weintraub: