Gleisi Hoffmann é reeleita presidenta do PT com 71,54% dos votos

A deputada federal Gleisi Hoffmann foi reeleita neste domingo (24) na presidência nacional do PT. Ela obteve 71,54% dos votos dos delegados ao congresso encerrado hoje.

A dirigente terá mais quatro anos à frente da agremiação com 1,6 milhão de filiados em todo o País.

Os desafios da gestão de Gleisi consistem em:

  1. elaborar um plano de desenvolvimento econômico alternativo ao neoliberalismo;
  2. liderar a oposição ao governo Jair Bolsonaro;
  3. conter o avanço do neofascismo no País;
  4. eleger o maior número de prefeitos e vereadores em 2020;
  5. anular as sentenças de Lula;
  6. organizar trabalhadores e precarizados; e
  7. conduzir o PT de volta ao Palácio do Planalto.

O PT concluiu seu 7º congresso nacional votando a composição na nova direção, que continuará sob o comando de Gleisi.

A parlamentar paranaense se notabilizou pela combatividade e é lembrada pela militância petista como a presidenta do “Lula Livre”, qual seja, que liderou a agremiação na luta pela libertação do ex-presidente Lula.

Na quarta-feira (20), em primeira mão, o Blog do Esmael publicou artigo de Gleisi Hoffmann em que o PT faz autocrítica do período Joaquim Levy na economia (governo Dilma) e anuncia uma guinada do partido à esquerda.

Confira o resultado final da disputa no PT:

Gleisi Hoffmann 558 votos (71,54%)
Margarida Salomão 131 votos (16,79%)
Valter Pomar 91 votos (11,67%)

LEIA TAMBÉM
Vaza Jato confirma que grampo foi para derrubar Dilma e prender Lula

Witzel ‘pagando mico’ na vitória do Flamengo vai ao topo do Twitter

Lula: É a economia, estúpido!