Lula: É a economia, estúpido!

O ex-presidente Lula determinou –e o PT acatou– a priorização do discurso econômico no combate ao governo de Jair Bolsonaro.Na prisão, o petista leu bastante sobre o estrategista James Carville, que, ao responder sobre a popularidade de Bill Clinton, nos anos 90, cunhou a máxima ‘é a economia, estúpido!’

Lula acredita que Bolsonaro irá cair eleitoralmente pela depressão econômica, embora os gurus do PT na área acreditem que poderá haver pontualmente retomada devido à redução de juros em patamar histórico.

Talvez o PT esteja equivocado nesse ponto porque, mesmo com taxa de juros baixa, o consumo dificilmente poderá ser retomado com 13 milhões de desempregados e os precarizados batendo a casa dos 40 milhões de brasileiros. Não há massa salarial suficiente para sustentar o consumo.

LEIA TAMBÉM
‘Moro beneficiou criminosos confessos na Lava Jato’, denuncia Lula

Bolsonaro quer liberar exportação de madeira in natura da Amazônia

Ao vivo: Greve na educação do PR pode ser senha para a grande virada no Brasil

Dito isto, o ex-presidente Lula intuitivamente acertou ao descer a borduna na ‘uberização’ do trabalhador, que foi transformado em entregador de pizza por meio de aplicativo de celular.

Em recente conversa com o Blog do Esmael, o presidente da Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, estabeleceu como marco da retomada o mês de março de 2020. Segundo o pesquisador, ‘Bolsonaro poderá dizer adeus’ se a economia não for retomada até lá.

Para o dono da Paraná Pesquisas, março de 2020 é quando começam a chegar os boletos de IPTU, IPVA, matrículas escolares, etc.

“O fraco desempenho na economia pode derrotar os aliados do Bolsonaro já nas eleições de 2020”, explicou.