Glenn Greenwald vê Bolsonaro “fuzilando” Moro em foto do Estadão

Publicado em 16 outubro, 2019
Compartilhe agora!

O jornalista norte-americano Glenn Greenwald, do Intercept, enxergou numa foto estampada no Estadão desta quarta-feira (16) o presidente Jair Bolsonaro (PSL) “fuzilando” seu ministro da Justiça Sérgio Moro.

“Vi poucas fotos que dizem mais do que esta”, comentou o responsável pela #VazaJata, a série de reportagens sobre os crimes praticados pelo ex-juiz e integrantes da tarefa Lava Jato.

“Ação da PF acirra crise entre direção do PSL e Bolsonaro”, diz a manchete do jornalão que, recentemente, recebeu a visita do presidente da República.

LEIA TAMBÉM
O Antagonista teme ser fechado com fim da prisão em 2ª instância

Velha mídia ensandecida à véspera da soltura de Lula

PSL rebate Bolsonaro e diz que vai ‘apurar excessos’ contra o partido

A Polícia Federal, no caso, é subordinada ao ex-juiz da Lava Jato. E o PSL quer expulsar Bolsonaro e este, num golpe interno, tenta incriminar a atual direção da agremiação para comandar o fundo eleitoral do partido estimado em R$ 352 milhões.

Greenwald viu lá frente, ao analisar a foto. Moro é candidatíssimo a presidente da República, em 2022, e Bolsonaro tentará a reeleição. Porém, só haverá espaço para um dos dois no campo da direita. Eis a simbologia da foto publicada pelo Estadão.

Nesta terça (15), a mulher de Moro, Rosângela, publicou no Instagram uma indireta: “Tenha coragem para dizer ‘eu mereço mais’ e ‘vá embora’.”

Compartilhe agora!