Para jornal português, Moro passou de superministro para miniministro

Compartilhe agora!

Segundo o Diário de Notícias de Portugal, o ex-juiz Sérgio Moro passou de superministro para miniministro em dois meses. A publicação afirma que Moro perdeu força na opinião pública por causa da Vaza Jato, além de sofrer derrotas no Congresso, no STF e ter seus ímpetos reprimidos pelo próprio Bolsonaro.

“Os noticiários de todas as televisões e rádios e as manchetes de todos os jornais anunciaram na última quinta-feira a aprovação pela Câmara dos Deputados, na madrugada anterior, de um projeto contra o “abuso de autoridade” que pune com detenção, de um a quatro anos, os juízes que se decidirem pela prisão preventiva sem amparo legal ou que realizem escutas não autorizadas.” Diz a matéria.

“Um deputado do PT sugeriu chamar-lhe lei Cancellier (mas na verdade foi o autor, ex-senador Requião), em homenagem ao reitor Luiz Cancellier, que se suicidou depois de ter sido preso sem provas na Lava-Jato.”

“Mas também poderia chamar-se lei Sérgio Moro, já que pareceu redigida de maneira a contrariar o ex-juiz da operação, que de superministro da Justiça, no início do mandato de Jair Bolsonaro, se parece a cada dia que passa mais com um miniministro.”

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro quer dar a Procuradoria-Geral da República de presente para Flávio

Raquel Dodge anuncia investigação da PGR sobre o assassinato de Marielle Franco

Bolsonaro diz não ter informações sobre o paradeiro de Queiroz

Bolsonaro abre crise na PF e delegados estudam demissão coletiva

Sinal de que os tempos estão mudando.

Compartilhe agora!