Por Esmael Morais

Entrevista de Lula bagunça narrativa de censura a sites de especulação financeira

Publicado em 19/04/2019

A iminente entrevista do ex-presidente Lula à Folha e ao El País, determinada pelo STF, por paradoxo que pareça ser, bagunçou a narrativa de censura aos sites O Antagonista e Crusoé.

Antes de tudo é importante relembrar que as duas páginas especializadas em especulação financeira aplaudiram a censura prévia à entrevista que Folha iria publicar do ex-presidente Lula, em setembro do ano passado.

LEIA TAMBÉM
STJ poderá soltar Lula na próxima terça-feira

Quando o presidente do Supremo Dias Toffoli levantou a censura ao ex-presidente, preso há mais de 1 ano na Polícia Federal de Curitiba, empunhou a bandeira pela liberdade de expressão — afastando a pecha de censor etc.

Estranhamente, os ditos censurados — Crusoé e O Antagonista — fizeram silêncio sobre a liberação das entrevistas de Lula. Na Globo, maior partido da coligação da velha mídia, também se ouve ‘cri-cri-cri-cri’ diante da possibilidade de o ex-presidente falar ao mundo sobre sua prisão política.

Resumo da ópera: censura nos olhos dos outros é refresco.