Por Esmael Morais

Globo censura Lula no dia que cai censura a entrevistas

Publicado em 18/04/2019

Não deu na Globo. O telejornal da emissora dos Marinho censurou a queda da censura às entrevistas do ex-presidente Lula.

O petista estava proibido de falar à imprensa desde setembro do ano passado, quando o ministro Luiz Fux cassou uma liminar que garantia entrevista do ex-presidente a três órgãos de comunicação (Folha, El País e Rede Minas). Estabeleceu, portanto, a censura prévia.

LEIA TAMBÉM
Deputados petistas cobram imediato cumprimento de autorização para Lula dar entrevistas

Coube ao ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), a decisão que derrubou a censura a Lula que é mantido preso político há mais de 1 ano na Polícia Federal de Curitiba.

Se censurou Lula, por outro lado, a Globo enalteceu o fim da censura aos sites O Antagonista e Crusoé. Deu mais 15 minutos de fama aos disseminadores de fake news.

Moral da história: para a burguesia, a liberdade de imprensa — no sentido filosófico — é um valor de “classe”, jamais universal; aliás, O Antagonista apoiou a censura ano passado à Folha, El País e Rede Minas.