Flávio Dino: espionagem do governo Bolsonaro contra Igreja Católica é um escândalo

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), condenou neste domingo (10) o que ele considera espionagem do governo Bolsonaro contra a Igreja Católica.

Para Dino, o governo federal trata a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) como inimiga interna. “Estamos diante de um dos maiores escândalos deste começo de ano”, protestou o comunista-cristão.

LEIA TAMBÉM

Bolsonaro pede que PF esclareça atentado de ‘ex-integrante do PSOL’; assista ao vídeo

“Inaceitável a volta da ‘doutrina da segurança nacional’ da ditadura”, completou o governador maranhense.

Veio à tona hoje que Bolsonaro usa a  Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para monitorar bispos e o Vaticano. Segundo os arapongas do Palácio do Planalto, a Igreja Católica tem potencial para fazer ‘forte oposição’ ao governo federal.

Comentários encerrados.