Nora de Miriam Leitão vai chefiar comunicação de Sérgio Moro no Ministério da Justiça

O ex-juiz Sérgio Moro terá Giselly Siqueira como assessora de comunicação no Ministério da Justiça. A moça é nora de Miriam Leitão, da Globo, e foi assessora-chefe do Supremo Tribunal Federal (STF) na gestão do ministro Gilmar Mendes.

Giselly é casada com Vladimir Netto, repórter da Globo, que já brindou Moro com um livro em 2016, o que justificaria hoje o emprego para a esposa.

LEIA TAMBÉM
Maduro se diz preparado para a guerra contra Bolsonaro; assista ao vídeo

Na obra “Lava Jato: o juiz Sérgio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil”, o filho de Miriam Leitão afirma que o então juiz exibia “rigor e coragem” ao conduzir o caso [lava jato] “com maestria”.

Vladimir Netto descreve no livro o futuro ministro de Jair Bolsonaro como integrante de uma geração “que trabalha com afinco em busca de resultados”.

Voltemos à futura chefe de comunicação de Moro.

Em seu perfil no Linkedin, Giselly se apresenta como Consultora na “Vnetto” Comunicação. Em tempos de pejotização, “Vnetto” é a abreviatura de “Vladimir Netto”.

Resumo da ópera: Moro se cercou da Globo e do STF; o futuro ministro pode aprimorar a ‘indústria do vazamento’ seletivo contra inimigos políticos do rei.

Em tempo: o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), além de recriar o auxílio-moradia para juízes, também deverá extinguir os processos administrativos contra Moro; um acerca dos grampos ilegais contra Lula e Dilma e outro sobre o vazamento da deleção premiada de Antonio Palocci nas vésperas da eleição presidencial.

Comentários encerrados.