São Paulo é golpista, diz pesquisa

A Paraná Pesquisas afirma que João Doria (PSDB) lidera a disputa pelo governo de São Paulo, com 31,8%, seguido de Paulo Skaf (MDB), que tem 20,4%.

Em comum o ex-prefeito paulistano e o presidente da Federação das Indústria de São Paulo apoiaram o golpe que destituiu Dilma Rousseff. Em outras palavras, eles são os responsáveis pela presença de Michel Temer no Palácio do Planalto.

De acordo com o instituto, Márcio França (PSB) está em terceiro lugar com 7% das intenções de voto. Luiz Marinho (PT) tem 5,1%, na quarta posição.

Professora Lisete Arelaro (PSOL), em quinto, tem 2,8%. Rogério Chequer (Novo), na sexta posição, fez 1,6%. Rogério Tavares (PRTB), tem 1,3%. E, na lanterninha, Alexandre Zeitune (Rede), tem 0,8%.

A Paraná Pesquisas entrevistou 2 mil eleitores entre os dias 13 e 18 de junho de 2018. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE sob o número SP-01617/2018.

Comentários encerrados.