No desespero, até “mercado” faz enquetes contra Lula

O dito “mercado” especulativo está apelando às enquetes para desacreditar a candidatura cada vez mais factível de Luiz Inácio Lula da Silva. O último a lançar mão desse expediente foi a “XP Investimentos” (sic), por meio de seu portal, Infomoney, que hoje publicou que Fernando Haddad está em segundo lugar.

LEIA TAMBÉM
O parecer do jurista que garante o registro da candidatura de Lula

O desespero bateu nos especuladores porque aumenta a pressão para que Lula seja libertado para disputar as eleições de outubro. Até os institutos de pesquisa estão admitindo a inevitabilidade da participação do petista no pleito vindouro. Datafolha e Paraná Pesquisas, por exemplo, tiveram de voltar a registrar sondagens com o nome do ex-presidente.

O desejo de ver Lula longe da corrida presidencial é tanta que a “XP Investimento” (sic) colocou o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), em segundo lugar atrás do deputado Jair Bolsonaro (PSL).

Haddad pode até estar à frente de Bolsonaro, mas não é essa a questão. Para o PT, Lula é o único cara que pode dar jeito nesta bagunça criada pelo golpe e Michel Temer.

Lula preso, o dólar explodiu. Lula preso, a gasolina subiu. Lula preso, a greve de caminhoneiros parou o Brasil. Lula preso, o emprego sumiu. Portanto, diz o jingle petista, “soltem o homem que ele dá jeito…”

Em tempo: a “XP Investimentos” (sic) fez a enquete por telefone.