PSB nacional “afrouxa a tanga” no Paraná

Publicado em 21 março, 2018
Compartilhe agora!

O presidente nacional do PSB Carlos Siqueira liberou a bancada estadual do partido, no Paraná, para aliar-se à direita na disputa pelo governo do estado. Com a “afrouxada na tanga” do dirigente, os “socialistas” paranaenses apoiarão a candidatura da vice-governadora Cida Borghetti (PP), mulher do ministro da Saúde Ricardo Barros (PP).

O PSB funciona no Paraná como satélite do grupo político do governador Beto Richa (PSDB) desde o início dos anos 90. A decisão sacramentada ontem à noite consolida essa posição e manda para o espaço a resolução do Congresso Nacional do PSB que jurava ter ido para a esquerda.

Mais do que questões ideológicas, pesou o apoio a Cida Borghetti os cargos comissionados que os deputados “socialistas” têm no governo do estado. Por isso eles recuaram do convite para o ex-senador Osmar Dias trocar o PDT pelo PSB.

Neste cenário político, Osmar deverá concorrer ao governo somado com o senador Roberto Requião (MDB) — que buscará a reeleição.

Pelo andar da carruagem, a disputa eleitoral no Paraná terá três principais candidaturas. Além de Cida e Osmar, já mencionados, também sonha com o Palácio Iguaçu o deputado Ratinho Junior (PSD), filho do apresentador Ratinho (SBT).

Resumo da ópera: a valentia do PSB nacional não durou um mês.

Compartilhe agora!