Por Esmael Morais

Facebook voltará a exibir ‘fake news’ dos jornalões brasileiros

Publicado em 03/03/2018

O gigante Facebook não suportou a pressão das corporações midiáticas de todo o mundo e, após experimento de alguns meses, recuou da censura aos conteúdos jornalísticos ditos “profissionais”. O aplicativo de Mark Zuckerberg, portanto, voltará a exibir as ‘fake news’ (notícias falsas) de jornalões brasileiros.

LEIA TAMBÉM
A morte do Facebook

O objetivo do Facebook era eliminar os meios de comunicação profissionais do mural principal dos usuários. Desse modo, a rede social pretendia facilitar a conexão dos internautas com amigos e familiares, criando, o que se convencionou a chamar de “bolhas” sociais.

Em protesto à censura, a Folha de S. Paulo deixou de publicar no Facebook desde 8 de fevereiro. O jornalão paulistano alegou que o aplicativo de Zuckerberg virou um disseminador de ‘fake news’ por utilizar um algoritmo que esconde os conteúdos profissionais dos usuários da rede.

Entretanto, o jornalão dos Frias não apagou a conta que tem no Facebook. Está, inativa, com 5,7 milhões de seguidores.

“Nas pesquisas, as pessoas nos disseram que estavam menos satisfeitas com as publicações que viam e que ter dois murais separados realmente não as ajudava a se conectar mais com familiares e amigos”, explicou Adam Mosseri, responsável pelo projeto natimorto do Facebook batizado de “Explore Feed”.

LEIA TAMBÉM
‘Não é o Facebook que está morrendo, é a Folha de S. Paulo que está moribunda’