Padilha cai ‘outra vez’ na Odebrecht

Publicado em 12 março, 2017

O chefe da Casa Civil Eliseu Padilha caiu ‘mais uma vez’ do ministério com a revelação que ele detinha 4 senhas para sacar a propina para a cúpula do PMDB.

No olho do furacão dos escândalos da Odebrecht, Padilha que pediu licença do cargo antes do carnaval para uma cirurgia na próstata. Ele ansiava voltar 6 de março, adiou para dia 13, mas, ao que parece, não conseguirá retornar depois dessa nova revelação.

As informações foram prestadas em depoimento na Lava Jato pelo delator José de Carvalho Filho, ex-executivo da Odebrecht.

Para sacar a bufunfa, Padilha tinha as senhas eram: Foguete, Árvore, Morango e Pinguim.

O dinheiro serviu para irrigar o caixa 2 de Michel Temer (PMDB), segundo o delator.