Beto Richa na 500 Milhas de Londrina

Governador Beto Richa (PSDB) vai treinar e correr – “escondidinho” – na 24ª edição das 500 Milhas de Londrina, que ocorre neste sábado (27); tucano tinha como copiloto na prova o ex-chefe da Receita Estadual, Márcio Albuquerque Lima, que esteve preso por comandar esquema de cobrança de propina no órgão.

Governador Beto Richa (PSDB) vai treinar e correr – “escondidinho” – na 24ª edição das 500 Milhas de Londrina, que ocorre neste sábado (27); tucano tinha como copiloto na prova o ex-chefe da Receita Estadual, Márcio Albuquerque Lima, que esteve preso por comandar esquema de cobrança de propina no órgão.

Desde ontem (27), o governador Beto Richa (PSDB) encontra-se em Londrina. O tucano participará da 24ª edição corrida automobilística das 500 Milhas.

Coincidentemente à presença de Richa na cidade, os treinos também começaram ontem.

Segundo Garganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael no Palácio Iguaçu, “o governador playboy estará em Londrina onde vai no autódromo escondido para correr e treinar e provar banco do carro de corrida e mais, vem de jato da Helisul, e ficará na região escondido até sábado no dia da corrida”.

Infelizmente, a cidade do Norte do Paraná ficou famosa no país depois de deflagrada a Operação Lava Jato e dos casos de pedofilia e corrupção na Receita Estadual.

Felizmente — e paralelamente — Londrina também tem o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), que comanda investigações nas operações Publicano e Voldemort.

Como recordar é viver, numa é demais lembrar que Beto Richa tinha como copiloto nas 500 Milhas o ex-inspetor geral da Receita Estadual Márcio Albuquerque Lima, que esteve preso justamente por comandar esquema de cobrança de propina no órgão.

Comentários encerrados.