PCdoB reconduz Gomyde, que pode disputar a Prefeitura de Curitiba

Conferência Estadual do PCdoB, realizada neste domingo (22), na sede da APP-Sindicato, em Curitiba, reconduziu Ricardo Gomyde à presidência da legenda vermelha no Paraná; comunistas definiram tática eleitoral que consiste em candidaturas próprias, majoritárias e proporcionais, mas também não descartam alianças com o campo democrático e popular.

Conferência Estadual do PCdoB, realizada neste domingo (22), na sede da APP-Sindicato, em Curitiba, reconduziu Ricardo Gomyde à presidência da legenda vermelha no Paraná; comunistas definiram tática eleitoral que consiste em candidaturas próprias, majoritárias e proporcionais, mas também não descartam alianças com o campo democrático e popular.

O diretório estadual do PCdoB reconduziu à presidência, neste domingo (22), Ricardo Gomyde, após realização de Conferência Estadual.

“É a primeira vez na história que prevaleceu a unidade no PCdoB”, comemorou Gomyde.

Dentre as resoluções partidárias, o PCdoB deu início ao processo de discussão candidaturas próprias tanto na majoritária quanto na proporcional sem, no entanto, perder a perspectiva de aliança em 2016.

Caso seja impossível aliança para 2016, Ricardo Gomyde poderá representar a legenda vermelha no ano que vem na disputa pela Prefeitura de Curitiba. Em 2008, ele já concorreu ao cargo.

Embora aposte nas candidaturas próprias, o PCdoB também abrirá conversas com aliados. Na capital, por exemplo, com PDT de Gustavo Fruet, PMDB de Requião Filho e PT de Tadeu Veneri. Todos eles se colocam como candidatos ao Palácio 29 de Março.

“Entretanto, estamos vendo com maus olhos essa possibilidade de confisco da Previdência municipal pelo prefeito Gustavo Fruet. O PCdoB é frontalmente contra”, declarou Messias Silva, conhecido como Obama das Araucárias, eleito hoje secretário estadual Sindical. Segundo ele, “o confisco nos afasta de uma composição”, adiantou.

Sobre a atual sindical do PCdoB, Messias Silva revelou que a meta é mobilizar os cerca 280 militantes comunistas nas estruturas sindicais do Paraná. “Nos dias 27 e 28, daremos início durante encontro nacional no Rio”.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!

    DE NOVO?????????

    Esse mané não cansa de apanhar, não??????

    Não combina com PC do B um mauricinho de primeira linha, totalmente destoante dos fundamentos do partido… É um burguezinho de meia pataca…

    Requião deu-lhe um pé na bunda de foice e martelo dele, quando se bandeou pro lado de pinóquio (apareceu em fotos na campanha pinoquiana no interior, e Requião o defenestrou na mesma hora!), demonstrando um gosto desenfreado por cargos, não importa no governo de quem…
    Foi defenestrado da Paraná Esportes, depois da suspeita de desvios da verba do Projeto Segundo Tempo, atualmente quase extinto no estado justamente por falta de verbas…
    Enfim, conseguiu sombra no governo federal e por isso mesmo foi reconduzido agora à presidência do PC do B.
    Acho que cada dia mais, fica comprovado que o partidão mesmo é o PCB…

  2. Cuidado Zequinha. O Messias é Zaroio. Ele faz você pensar que esta de olho no movimento sindical, mas ele esta de olho no teu estilingue para comandar a ala feminina da UJS. Esta loco para levar uns CDs de musica revolucionarias para as moças e uns livrinhos do Gaiarsa e do Reich.

  3. Esse Messias eu conheço. O cara é bom mesmo. Parabens ao PCdoB pela gande aquisição.

  4. Esse Messias é um teleguiado do Paulo Rossi da UGT, do Seratiuk e do Milton Alves.

  5. algo me diz que o pc do b vai de requiãojr.