Por Esmael Morais

Coração de pedra, Beto Richa manda fechar turmas depois de matricular alunos em cursos técnicos

Publicado em 27/08/2015

tecnicosO governo Beto Richa (PSDB), por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEED), orientou escolas estaduais a divulgarem nas comunidades a abertura de turmas em cursos técnicos. O diabo é que o tucano roeu a corda, logo em seguida, e ordenou o fechamento das turmas.

Segundo informações de professores ao Blog do Esmael, essa foi a segunda vez que Beto Richa, o coração de pedra, deixou alunos e comunidade escolar com a broxa na mão.

O fechamento de turmas ocorreu em diversas regiões do Estado. Em Cascavel um grupo de professores buscou apoio da Câmara de Vereadores da Cidade. Naquele próspero município do Oeste, cerca de 4 mil estudantes se matricularam nos cursos. Somando-se a abrangência do Núcleo Regional de Educação (NRE), seriam 6 mil deixados à mingua pelo governo do estado.

Os vereadores de Cascavel chegaram a redigir e aprovar uma moção em apoio aos professores e contra o fechamento das turmas.

A SEED estaria usando um critério baseado na evasão superior a 25% para fechar as turmas, mas o problema é que agora várias turmas estão sendo fechadas mesmo antes de iniciarem as aulas e os estudantes ficarão sem os cursos.

O assunto será discutido na assembleia geral dos professores e servidores da educação que a APP-Sindicato realizará neste sábado (29) e deverá se juntar a já extensa pauta dos educadores estaduais, dentre as quais o fim da eleição direta para diretor de escola.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, a partir das 9 horas, direto de Curitiba, vai transmitir neste sábado a assembleia do magistério ao vivo para o Brasil e o mundo.

Enquanto o governo Beto Richa deixa os alunos a ver navios, estudantes do Programa Nacional de Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) venceram o WorldSkills 2015 que é uma competição mundial de aprendizado técnico. Com 11 medalhas de ouro, dez de prata, seis de bronze e 18 certificados de excelência, o Brasil conquistou 99 pontos e ficou a frente da Coreia do Sul e de Taiwan, que garantiram o segundo e terceiro o lugar, respectivamente. Dos 27 medalhistas brasileiro, 25 estudaram no Pronatec.