URGENTE: Por 25 votos a 7, Câmara de Curitiba cassa vereador Renato Freitas

O vereador negro Renato Freitas, do PT, foi cassado nesta terça-feira (21/06) em primeira votação.

Por 25 votos favoráveis, 7 contrários e 2 abstencões, a Câmara de Curitiba decretou a perda do mandato do parlamentar petista.

Renato Freitas não compareceu à sessão de votação.

O vereador cassado também não foi representado por advogado na votação de hoje.

Na quarta-feira (22/06), a Câmara realiza a segunda votação do decreto pela perda do mandato do vereador Renato Freitas.

O vereador cassado participou de uma manifestação antirracista no dia 6 de fevereiro.

A acusação é de que o vereador negro perturbou culto religioso e realizou ato político dentro da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Largo da Ordem, quebrando o decoro parlamentar.

O vereador Renato Freitas, em suas redes sociais, nega quebra de decoro ou quaisquer outras ilegalidades.

Em sua defesa, o parlamentar reverbera manifestações de aliados que reafirmam o único “crime” cometido por ele: ser negro.

O ex-senador Roberto Requião, pré-candidato ao governo do Paraná, disse que foi “triste” e “decepcionante” a atitude da Câmara de Vereadores de Curitiba, que votou a cassação de Renato Freitas.

– Decadência ética e moral, negação absoluta de qualquer visão cristã. Racismo puro, medíocre e estúpido! – considerou ele.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.

Assista ao vídeo:

Veja também  URGENTE: PT pede intervenção do TSE nas televisões durante as eleições