10 de setembro de 2015
por esmael
8 Comentários

Apesar da mídia, prefeitos do PT são bem avaliados na região do Grande ABC. O Brasil precisa saber disso

Os prefeitos de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, e de Santo André, Carlos Grana, ambos do PT e da região do Grande ABC, em São Paulo, são bem avaliados nesse mar de intolerância e de ódio fascista alimentados diuturnamente pela velha mídia.

Segundo levantamento do Paraná Pesquisas, em São Bernardo, 55% dos eleitores aprovam e 41% desaprovam Marinho. O instituto ouviu 648 entre os dias 5 e 8 de setembro. A margem de erro é de 4%.

Em Santo André, o prefeito Grana tem 50% de aprovação ante 46% de reprovação. A Paraná Pesquisas entrevistou 643 eleitores entre os dias 3 e 6 de setembro. A margem de erro também é de 4%.

O diabo é que os prefeitos petistas não têm conseguido transferir esse prestígio à presidenta Dilma Rousseff. Em Santo André, 85% a desaprovam e apenas 12% aprovam sua administração. O índice praticamente se repete em São Bernardo.

A pergunta é: por que o PT esconde do país o que tem de bom para mostrar nos estados e municípios? O Brasil precisa saber disso.

A Paraná Pesquisas também mediu a febre acerca das eleições presidenciais de 2018. Curiosamente, o instituto defenestrou o nome do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que não aparece em nenhum cenário das sondagens. A presença do tucano nas urnas é mais crível daqui a três anos do que os correligionários e senadores Aécio Neves (MG) e José Serra (SP).

A seguir, leia a íntegra das duas pesquisas:

São Bernardo do Campo
http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/SãoBernardodoCampoSetembro15_Divulgação.pdf

Santo André
http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/SantoAndréSetembro15_Divulgação.pdf