17 de fevereiro de 2016
por admin
10 Comentários

Mesmo sem depoimento, Lula recebe desagravo em São Paulo

via Brasil 247.

Apesar da suspensão do depoimento do ex-presidente Lula e da ex-primeira-dama Marisa Letícia pelo Conselho Nacional do Ministério Público no final da noite desta terça-feira 17, grupos pró e contra Lula se concentram na frente do Fórum da Barra Funda, zona oeste de São Paulo, onde ocorreria o depoimento.

Com o deputado Afonso Florence (PT-BA) à frente, novo líder da bancada do PT na Câmara, um grupo de deputados petistas chegou a São Paulo para participar do ato de desagravo, que estava marcado para as 10h. Os parlamentares se encontraram na sede do Instituto Lula, no bairro do Ipiranga, na zona sul, com o ex-presidente.

O movimento a favor de Lula em frente ao Fórum foi organizado pela Frente Brasil Popular, que reúne mais de 60 entidades e movimentos sociais. A presença do ex-presidente não havia sido confirmada por seus advogados. A suspensão foi decidida pelo conselheiro do MP Valter Araujo, que concedeu liminar em pedido do deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP).

Teixeira argumento ao CNMP que o promotor Cássio Conserino, autor da denúncia, não tinha competência para fazer a investigação e fez ainda “um prejulgamento ao antecipar seu juízo antes mesmo de ouvir o ex-presidente”, ao dar entrevista à revista Veja afirmando que já teria indícios suficientes para apresentar a denúncia contra Lula. Leia aqui a íntegra da decisão que suspendeu o depoimento.