3 de outubro de 2013
por esmael
49 Comentários

Coluna do Maurício Requião: “Governo Richa prostitui os deputados”

Maurício Requião, em sua coluna de hoje, não perdoa; o especialista em políticas públicas denuncia os governos !“ estadual e federal !“ de abandonarem os programas de governo para adotar os deputados de programa!; especificamente, ele acusa a Assembleia Legislativa do Paraná de se prostituir para o governador Beto Richa (PSDB); leia o texto.

Maurício Requião, em sua coluna de hoje, não perdoa; o especialista em políticas públicas denuncia os governos !“ estadual e federal !“ de abandonarem os programas de governo para adotar os deputados de programa!; especificamente, ele acusa a Assembleia Legislativa do Paraná de se prostituir para o governador Beto Richa (PSDB); leia o texto.

Maurício Requião Filho*

Nos dias de hoje o jeito de governar vem mudando, vem mudando para pior. O executivo deixou de pensar em médio e longo prazo. Sempre de olho na reeleição, o governante pensa de forma imediatista. Este imediatismo torna o ato de governar em algo como escrever uma novela Global. Primeiro se pensa em uma trama e em seus personagens, e na sequência a trama e os personagens sofrem alterações de acordo com o que dá mais ibope, buscando garantir a reeleição. O poder deixa de ser um instrumento de mudança e passa a ser uma forma de garantismo, o poder para poder ficar no poder (repetição proposital). Leia mais

19 de setembro de 2013
por esmael
55 Comentários

Coluna do Maurício Requião: vem aí novo aumento na tarifa da água

Maurício Requião, em sua coluna inaugural neste blog, desce a borduna no trio Richa/Taniguchi/Lerner que, segundo ele, utilizou e utiliza a Sanepar para realizar lucros de amigos; ele compara as gestões neoliberais na companhia de água e esgoto com as do governo de seu pai, Roberto Requião, lembrando que era voltada ao interesse público; o especialista em políticas públicas fecha seu artigo desta quinta prevendo que o acordo de acionistas entre o governo do PSDB e o grupo privado Dominó resultará em novo reajuste na tarifa de água do povo paranaense; leia o texto.

Maurício Requião, em sua coluna inaugural neste blog, desce a borduna no trio Richa/Taniguchi/Lerner que, segundo ele, utilizou e utiliza a Sanepar para realizar lucros de amigos; ele compara as gestões neoliberais na companhia de água e esgoto com as do governo de seu pai, Roberto Requião, lembrando que era voltada ao interesse público; o especialista em políticas públicas fecha seu artigo desta quinta prevendo que o acordo de acionistas entre o governo do PSDB e o grupo privado Dominó resultará em novo reajuste na tarifa de água do povo paranaense; leia o texto.

por Maurício Requião Filho*

Nos tempos de Lerner/Taniguchi, sob a administração dos sócios minoritários, a Sanepar definiu que seu principal objetivo era o lucro e a remuneração de seus acionistas. Leia mais