1 de abril de 2014
por Esmael Morais
37 Comentários

Requião e Pessuti podem fazer as pazes em nome da candidatura própria do PMDB ao governo do Paraná

Pessutistas e requianistas trabalham nos bastidores para pacificar o PMDB; bancada estadual do partido na Assembleia, preocupada com sua reeleição, desenha acordo de paz entre senador Requião e ex-governador Pessuti, até a convenção de junho, "em nome da candidatura própria" e para salvar o Paraná da quebradeira!; fórmula permitiria ao perdedor na convenção  indicar candidatos a vice-governador e senador da chapa peemedebista; parlamentares sugerem dois "fiadores comuns" em caso de acordo, a saber: o ex-secretário da Educação, Maurício Requião, e o suplente do senador Requião, Chico Simeão, o Chico Rico, que está na expectativa de assumir a vaga.

Pessutistas e requianistas trabalham nos bastidores para pacificar o PMDB; bancada estadual do partido na Assembleia, preocupada com sua reeleição, desenha acordo de paz entre senador Requião e ex-governador Pessuti, até a convenção de junho, “em nome da candidatura própria” e para salvar o Paraná da quebradeira!; fórmula permitiria ao perdedor na convenção indicar candidatos a vice-governador e senador da chapa peemedebista; parlamentares sugerem dois “fiadores comuns” em caso de acordo, a saber: o ex-secretário da Educação, Maurício Requião, e o suplente do senador Requião, Chico Simeão, o Chico Rico, que está na expectativa de assumir a vaga.

O senador Roberto Requião e o ex-governador Orlando Pessuti podem dividir a mesma mesa em nome da candidatura própria do PMDB ao governo do Paraná. Isto não é novidade para o leitor deste blog (clique aqui), mas há novas movimentações e fatos novos que relatarei a seguir. ... 

Leia mais