Ratinho Junior promove privilégio para os amigos na Copel e no governo, denunciam deputados

► A farra no governo Ratinho Junior custaria mais de R$ 20 bilhões ao povo paranaense, segundo os oposicionistas

A deputada Mabel Canto (PSDB) e o deputado Arilson Chiorato (PT), líder da oposição, denunciaram nesta segunda-feira (25/04) uma verdadeira farra na diretoria da Copel (Companhia Paranaense de Energia). Abaixo, assista aos vídeos.

De acordo com a denúncia dos parlamentares, o presidente da Copel, Daniel Pimentel, teria recebido R$ 427 mil em bônus por desempenho – além do salário mensal de R$ 67,6 mil mensais.

Ratinho Junior vai fatiar a Copel para privatização

A deputada tucana disse que Ratinho Junior permitiu que houvesse uma modificação no plano de cargos e salários na companhia, que desvalorizou os trabalhadores.

Já Arilson Chiorato classificou como incompetência do “Governador Junior“, estagiário, o bônus por desempenho para o presidente da Copel. O deputado relatou na tribuna da Assembleia Legislativa quedas constantes no fornecimento de energia.

Segundo o líder oposicionista, essas abruptas interrupções da energia matam frangos, dificultam a piscicultura, que, somadas com as tarifas caras, dificultam o desenvolvimento do estado.

Requião Filho aponta prejuízo para o Paraná com privatização da Copel Telecom

Para Chiorato, Ratinho Junior (PSD) está sendo um excelente governador para Santa Cataria e para o Paraguai – onde empresas paranaenses estariam se instalando em busca de energia farta e barata.

O deputado oposicionista ainda ironizou dizendo que Ratinho Junior gosta mesmo dos policiais de Nova York e dos professores da Califórnia (EUA), cujos fundos de pensão são acionistas da Copel, enquanto o governador deixa os paranaenses no escuro e os servidores públicos estaduais sem aumento.

Arilson Chiorato chegou a pedir a demissão da diretoria da Copel por incompetência, por deixar faltar luz nas pequenas propriedades rurais e nas pequenas e médias empresas no interior do estado.

Tanto Mabel quanto Arilson, bem como outros parlamentares, chegaram à seguinte conclusão: Ratinho Junior promove privilégio para os amigos enquanto persegue adversários políticos.

A farra no governo Ratinho Junior custaria mais de R$ 20 bilhões ao povo paranaense, segundo os oposicionistas, que somaram R$ 17 bilhões da renúncia fiscal mais a distribuição de dividendos pela Copel.

Distribuição de lucros na Copel chega a 65% enquanto Ratinho passeia pelo exterior, segundo Requião

O ex-senador Roberto Requião (PT), pré-candidato ao governo do Paraná, disse ao Blog do Esmael que a farra maior é a distribuição de lucros da Copel e da Sanepar para esses especuladores estrangeiros. Ele lembrou que a estatal de energia teve R$ 5,1 bilhões de lucro líquido em 2021, aumento de 29,1% na comparação do ano passado.

Desde 2020, a Copel aprovou uma distribuição de 65% de dividendos para os acionistas.

Nos governos de Requião, a distribuição de dividendos na Copel era de apenas 25% (por exigência da lei).

Ao Blog do Esmael, hoje, Requião voltou a divulgar sua agenda no primeiro dia de governo – caso ele seja eleito em outubro:

– Primeiro, eu vou tomar posse. Depois vou demitir as diretorias da Copel e da Sanepar para reduzir as tarifas água e luz – reafirmou o pré-candidato, com firmeza.

Assistir ao vídeo com discurso de Mabel Canto

Assista ao vídeo com discurso de Arilson Chiorato