Osmar jura que candidatura é “irreversível” em 2018

O ex-vice-presidente do Banco do Brasil Osmar Dias (PDT) jura de pés juntos que é “irreversível” a candidatura dele ao Palácio Iguaçu.

A declaração ao npdiário, de Santo Antônio da Platina, Norte Pioneiro, foi em resposta à proposta do deputado Requião Filho (PMDB) que lançou o nome de Osmar Dias na vice do senador Roberto Requião (PMDB).

O pedetista agradeceu a menção elogiosa e sugeriu que Requião Filho mudasse o discurso apoiando a candidatura dele, Osmar, ao Palácio Iguaçu e a do pai à reeleição ao Senado. “Seria mais autêntico e inteligente”, assinalou.

O diabo é que o perigo para Osmar vem do Phodemos, novo partido de Alvaro Dias, que ameaça lançar o nome do ex-prefeito de Londrina Alexandre Kireeff.

A agremiação do irmão mais velho (Abel) pressiona o mais moço (Caim) a ingressar no Phodemos sob pena de lançar o ex-prefeito londrinense na corrida estadual. Ou seja, ‘Abel poderá trair Caim’ na disputa pelo governo do Paraná.

Veja também  Doria anuncia chegada do 1º lote da Coronavac em São Paulo

Comments are closed.