Nova pesquisa indica ao presidente que 'já está na hora ir' arrumando as malas em 2022; enquanto isso, no Nordeste, Lula, que vence no 1º turno, colhe alfaces. Foto: Ricardo Stuckert.

Nova pesquisa indica ao presidente que ‘já está na hora ir’ arrumando as malas antes de 2022

As pesquisas de opinião vêm reafirmando que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá vencer no primeiro turno as eleições de 2022.

Os institutos forçam a barra com supostas candidaturas, ou seja, de nomes que não têm cacife eleitoral, para simular a existência do segundo turno no ano que vem.

No primeiro cenário, por exemplo, a XP coloca o ex-juiz Sergio Moro que sequer residente no Brasil. Ele “vazou” para os Estados Unidos após derrota no STF, que o carimbou com o “ladrão”, “suspeito”, “parcial”, etc., durante sua atuação na Lava Jato.

Esclarecido isso, a pesquisa XP/Ipespe registra que Lula tem 40% das intenções de voto enquanto o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aparece com 24%.

Leia também

Lula pelo Nordeste participa de ato pela educação e redução da pobreza no Piauí [vídeo]

Ciro Nogueira sente comichão com chegada de Lula ao Piauí; Bolsonaro teme ser chifrado pelo Centrão no Nordeste

Ou Bolsonaro dá o golpe, ou Bolsonaro sai preso; presidente começou tocar o berrante

A terceira via, coitada, somada, supostamente teria 27% –incluindo aí o “foragido político” Sergio Moro.

No segundo turno, diz o levantamento da XP, o ex-presidente Lula venceria com 51% contra 32% do atual mandatário da República.

A XP Investimento é um braço especulativo do banco Itaú, frise-se.

Foram realizadas mil entrevistas, em todo o país, de 11 a 14 de agosto. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.