Na TV, Delegado Francischini ameaça: “É melhor ‘JAIR’ se acostumando”; assista

O deputado federal Delegado Francischini (SD) é protagonistas de dois comerciais veiculados no horário eleitoral, no Paraná, nos quais ataca o PT e MST, defende o porte de armas, e, segundo ele, a renovação na política: “É melhor ‘JAIR’ se acostumando” — referindo-se ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Abaixo, assista aos vídeos agrupados:

Diz o deputado Delegado Francischini no primeiro vídeo:

O terrorismo do MST não pode prejudicar o motor da nossa economia: a agricultura.

Apoiado pelo PT, o MST invade terras produtivas. Queima plantações, rouba e ameaça família de agricultores paranaense. Centenas de ordens judicias para a reintegração de posse não são cumpridas.

Precisamos de polícia e porte de armas no campo, e voz forte em defesa do produtor rural.

No segundo vídeo, Delegado Francischini lança uma ameaça geral:

Chega de políticos profissionais, assalto aos cofres públicos, e acordão para salvar corrupto.

O Brasil e o Paraná não aguentam mais. Precisamos de renovação. Pessoas com princípios e valores.

Em Brasília cumpriu minha obrigação moral. Não negociei meu voto com o governo em caso de corrupção, em troca de cargos e verbas.

E por coerência, nem Dilma, nem Lula, nem Temer. É melhor ‘JAIR’ se acostumando.

Os comentários estão encerrado.