Lula cancela visita ao Paraná na última hora

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cancelou sua visita ao Paraná, que estava prevista para esta quinta-feira (14/12) em Curitiba.

O petista viria a Curitiba assinar um convênio entre a Itaipu Binacional e a Caixa Econômica Federal, no âmbito do Novo PAC, que beneficiaria cerca de 430 municípios do Paraná e Mato Grosso do Sul.

O cancelamento foi anunciado pelo PT em um comunicado nesta segunda-feira (11/12).

A legenda informou que a decisão foi tomada em razão de compromissos da agenda presidencial.

“Informamos que o evento programado para a solenidade de assinatura dos convênios entre Itaipu Binacional, Caixa Econômica Federal e as Prefeituras Municipais do Paraná e do Mato Grosso do Sul, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estava programado para esta quinta -feira, 14, em Curitiba, foi cancelado em razão de compromissos da agenda presidencial. Ressaltamos que a decisão de cancelamento do evento não impacta no comprometimento da Itaipu Binacional com os repasses de recursos para os projetos e iniciativas ambientais, sociais e de infraestrutura previstas no programa “Itaipu Mais que Energia”. Agradecemos a compreensão de todos os envolvidos! “, diz o comunicado.

O cancelamento da visita de Lula ao Paraná é uma reviravolta para o PT, que busca intensificar a presença do governo federal nas vésperas das eleições municipais de 2024 no estado.

Economia

Pode ser que Lula retorne ao estado, no ano que vem, com a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, já na condição de ministra de Estado.

O partido espera que Lula possa ajudar a aumentar o número de votos do PT no Paraná, que foi um dos estados que mais apoiaram o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) nas eleições de 2022.

O cancelamento da visita de Lula ao Paraná tem um impacto significativo para o estado.

O evento teria sido uma oportunidade para o petista se aproximar de eleitores paranaenses e apresentar as obras realizadas pelo governo federal no estado.

Além disso, o evento teria sido uma oportunidade para Lula anunciar novos investimentos do governo federal para o Paraná.

O Novo PAC, que seria contratado durante a visita, prevê investimentos de R$ 1,5 bilhão para o estado.

Com o cancelamento da visita, os participantes paranaenses terão que esperar até 2024 para ouvir diretamente de Lula as realizações de sua gestão para o estado.

O cancelamento da visita de Lula ao Paraná não afeta o comprometimento da Itaipu Binacional com os repasses de recursos para os projetos e iniciativas ambientais, sociais e de infraestrutura previstas no programa “Itaipu Mais que Energia”.

No entanto, o cancelamento da visita pode prejudicar a divulgação do programa e atrair críticas de opositores ao PT.

3 Replies to “Lula cancela visita ao Paraná na última hora”

  1. Só para dizer. O Presidente Lula não vem ao Paraná, porque na data de 15/12/2023, a ALEP irá “homenagear” o Bozo. Será que o Presidente Lula está feliz com uma coisa destas, depois de liberar recursos para o Estado do Paraná e do Mato Grosso, e o caras da ALEP no dia seguinte vão fazer festa para o Bozo. Ô turma da ALEP sem noção, ainda bem que em 2026, dá para mandar uns para casa como o Traiano, isso se já não for antes, o Arrudo e a corriola do Bozo toda também, uma limpa geral na ALEP de gente assim.

  2. Não sei qual o motivo deste cancelamento, mas, vai impactar no eleitor paranaense negativamente, porque no dia 15/12, o INELEGÍVEL virá com certeza e vai falar as abobrinhas dele de sempre. Infelizmente o Presidente Lula, não entendeu que ele só fará um sucessor ou irá conseguir se reeleger se for aos locais onde sua votação foi ruim. Um situação que deverá dar algum desgate, e para 2024, ficará difícil de recuperar. Uma lástima a atitude que tomaram para à não vinda do Presidente ao Paraná.

Comments are closed.