Por 4 votos a 3, Temer é absolvido no TSE com voto de Mendes

Atualização às 21 horas.

Coube ao ministro Gilmar Mendes o desempate na votação que livrou o ilegítimo Michel Temer da cassação no TSE.

O presidente do TSE deverá votou pela absolvição do Tinhoso — embora a robustez das provas que justificariam a interrupção do mandato.

Votaram pela cassação de Temer os seguintes ministros: Herman Benjamin, Luz Fux e Rosa Weber.

Pela absolvição votaram os ministros: Napoleão Nunes Maia, Ademar Gonzaga e Tarcísio Vieira.

Portanto, Gilmar Mendes mostrou que manda no TSE e é o “dono da bola” nesses tempos de golpe de Estado.

Veja como foi o final da sessão:

Veja também  PSOL quer discutir violência política com STF, PGR, TSE e PFDC

Comments are closed.