ALEP vota hoje o único projeto que não ferra os paranaenses: o feriado da Consciência Negra

Daqui a pouco, às 13h30, a CCJ da Assembleia Legislativa do Paraná votará a legalidade de um dos únicos projetos, na atual legislatura, que não retira direito ou aumenta impostos e taxas: o feriado estadual da Consciência Negra.

Talvez esse projeto que institui o Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro, seja o mais importante de toda a legislatura porque não sacaneia os servidores nem os cidadãos paranaenses.

De olho na proporção de 28% da população do estado, que é negra, o governador Beto Richa (PSDB) orientou à bancada de sustentação na ALEP que aprove o projeto.

Renomados juristas já deram parecer favorável à legalidade do Dia da Consciência Negra.

Os comentários estão encerrado.