‘Globolixo’ só da boca pra fora; veja a farra publicitária que Bolsonaro faz com a Globo

‘Globo lixo’ só da boca pra fora; veja a farra publicitária que Bolsonaro faz com a Globo

Por essa nem Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidenta nacional do PT, nem Kim Kataguiri (DEM-SP), líder do MBL (Movimento Brasil Livre), esperavam. Muito menos o ex-juiz suspeito Sergio Moro, que se sentiu “chifrado” politica e ideologicamente pela emissora carioca.

A Secretaria Especial de Comunicação (Secom) do Palácio do Planalto revelou que nunca a TV Globo faturou tanto com o governo Jair Bolsonaro como este ano de 2021. A emissora carioca abocanhou verba superior aos de grupos evangélicas, por exemplo.

Enquanto a Globo recebeu R$ 54 milhões dos cofres do governo federal a TV Record, ligada à Universal do Reino de Deus, garfou R$ 48 milhões. Esses valores são deste ano, até o início de novembro.

Segundo a Secom, a Globo recebeu R$ 50 milhões em 2020 e R$ 33 milhões em 2019.

Os números mostram também o tamanho da hipocrisia da Globo e de Bolsonaro. Em público se agridem, trocam sopapos, mas escondidinhos se tratam a pão-de-ló e a brioche.

A velha mídia corporativa está com papo cheio, de acordo com dados da Presidência da República.

‘Globo lixo’ é só da boca pra fora, para divertir os bolsonaristas. Na prática, Bolsonaro promove farra [uma orgia] publicitária com a Globo longe do distinto público.

Em fevereiro deste ano, em Cascavel (PR), o presidente Jair Bolsonaro levantou um cartaz no aeroporto da cidade com os dizeres “Globo Lixo”.

Na época, Bolsonaro estava acompanhado do governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), ministros de Estados e lideranças das regiões Oeste paranaense e catarinense.

Confira os repasses da Secom aos veículos de comunicação

Leia também

“Aristides” quebra a internet nesta segunda-feira; entenda o termo “noivinha do Aristides”

Globo em campanha por Sergio Moro exibe ao vivo discurso de ex-juiz em reunião do Podemos

Por que as mulheres sul-coreanas usam bobes de cabelo em público?