Trump cria sua própria rede social enquanto Bolsonaro estuda no Brasil a "Social Bozo"

Trump cria sua própria rede social enquanto Bolsonaro estuda no Brasil a “Social Bozo”

Ressentido com as censuras na campanha de 2020, quando foi derrotado pelo democrata Joe Biden, o ex-presidente Donald Trump anunciou a criação de sua própria mídia social. A “TRUTH Social” [Mídia de Verdade] foi concebida pela Trump Media & Technology Group (TMTG) –empresa do republicano.

O objetivo de Trump é concorrer e ultrapassar, até 2024, as gigantes Facebook, Twitter, Youtube, Instagram e TikTok. E o que haverá de importante no ano de 2024? Novas eleições americanas à Casa Branca, para onde o ex-presidente pretende voltar montado numa “plataforma” capaz de rivalizar com a velha mídia liberal dos Estados Unidos.

O projeto da “TRUTH Social” despertou o interesse do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que estuda desenvolver a “Social Bozo” –nome alusivo à “mídia social” e ao apelido do mandatário “Bozo” [palhaço].

Trump determinou um comunicado sobre seu audacioso projeto de enfrentar as gigantes do Vale do Silício:

“Vivemos no mundo onde o Talibã [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países] tem uma presença enorme no Twitter, mas seu presidente americano favorito foi silenciado. Isso é inaceitável. Estou entusiasmado em lançar minha primeira verdade no TRUTH Social muito em breve. A TMTG foi fundada com a missão de dar voz a todos”, informou a empresa do ex-presidente.

No Brasil, o projeto “Social Bozo” ficaria a cargo do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), o filho “Zero Dois” do presidente Bolsonaro. Carluxo, como é chamado, é apontado como o coordenador do “gabinete do ódio” no Palácio do Planalto e principal disseminador de fake news no País. O parlamentar foi indiciado no relatório final da CPI da Covid por incitação ao crime.

No caso de Donald Trump, ele anunciou a fusão de empresas para criar uma nova empresa de capital aberto com o valor potencial de US$ 1,7 bilhões (R$ 9,5 trilhões). Seria um serviço de vídeo baseado em subscrições, que incluirá “programação de entretenimento, notícias, podcasts etc. para estar informado”.

“Todos me perguntam por que alguém não faz frente à Big Tech? Bem, faremos em breve!”, garantiu Trump.

Carluxo, o filho de Bolsonaro, ficou excitado com as alvíssaras americanas.

Leia também

Biden diz por que Trump não pode voltar; o democrata afirma que criou 5 milhões de empregos

Trump prepara “volta” à Casa Branca em 2024 embora não assuma publicamente a candidatura

Folha de S. Paulo exalta censura e limitação ao acesso à informação na volta ao Facebook

Sobre o perigo da censura nas redes sociais em nome do combate às fake news