renan calheiros

Bolsonaro luta para derrubar Renan da relatoria da CPI da Covid

  • Trata-se de uma liminar “Mãe Diná”, pois a reunião dos senadores ainda não aconteceu

A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) disse nesta segunda-feira (26/4), pelo Twitter, que conseguiu uma liminar impedindo o senador Renan Calheiros (MDB-AL) de ser relator da CPI da Covid-19.

“Agradeço ao Dr. Sormane e a todos os apoiadores. Essa vitória é de vocês!”, escreveu Zambelli, referindo-se a seu advogado Sormane Freitas.

Segundo a deputada bolsonarista, o juiz Charles Renaud, da 2ª Vara Federal de Brasília, atendeu ao pedido de liminar da ação popular que ela moveu pedindo a suspensão do nome de Renan Calheiros para a votação que decidirá a relatoria da CPI.

A comissão parlamentar de inquérito (CPI) que vai investigar as ações do governo e o uso de verbas federais na pandemia de covid-19 se reúne pela primeira vez nesta terça-feira (27), a partir das 10h. O Blog do Esmael vai transmitir a sessão ao vivo.

Leia também

Com a instalação oficial, a CPI da Covid escolherá seu presidente, seu vice-presidente e seu relator.

Trata-se de uma liminar “Mãe Diná”, pois a reunião dos senadores ainda não aconteceu, porém parte do judiciário e o Palácio do Planalto já se anteciparam a ela.

Renan, por sua vez, até agora, não se manifestou em seus perfis nas redes sociais.

Ação de Zambelli contra ato futuro, que não aconteceu ainda, revela o tamanho de desespero do presidente Jair Bolsonaro.