Rosa Weber relata reclamação de Sergio Moro, no STF, contra liberação de mensagens a Lula

O ex-juiz Sergio Moro foi auxiliar da ministra Rosa Weber, em 2012, durante o julgamento do Mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF).

Dito isso, como sorte pouca é bobagem, Weber foi “sorteada” para relatar uma reclamação de seu ex-assessor no STF. Até agora, a ministra não se declarou impedida.

Moro quer embargar a liberação das mensagens da Operação Spoofing para a defesa do ex-presidente Lula.

Os conteúdos periciados e comprovados pela Polícia Federal têm tirado o sono de Moro e os procuradores que integraram a força-tarefa Lava Jato.

Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol temem ir para a cadeia, como reivindicam alguns juristas renomados.

O ex-juiz apresentou a ação no início do mês passado, depois que a defesa de Lula obteve as mensagens pelas mãos de Ricardo Lewandowski.

No pedido ao Supremo, o ex-juiz é representado nos autos por sua mulher, a advogada Rosangela Wolff Moro.