87% dos prefeitos do Paraná não confiam em Ratinho e Bolsonaro

O Datafolha e a Paraná Pesquisas nem precisaram sair às ruas para fazer a sondagem. Ela ocorreu na prática. 87% dos prefeitos do Paraná não confiam no governador Ratinho Junior (PSD) e no presidente Jair Bolsonaro

De acordo com a Frente Nacional de Prefeitos (FPN), quase a totalidade dos municípios paranaenses não viram perspectivas de vacinação a não ser pela compra direta.

São 347 prefeituras do Paraná que encaminharam interesse em entrar no Conectar (consórcio da FPN para compra de vacinas) –quase 87% do total de 399 municípios paranaenses.

As ausências de governo no Paraná e de presidente no Brasil podem ser traduzidas pela videoconferência ocorrida nesta segunda-feira (22/3), que reuniu o ex-ministro da Previdência Carlos Gabas, atual secretário executivo do Consórcio do Nordeste, parlamentares e prefeitos do Paraná, para tratar da compra de excedentes da vacina Sputnik V.

O projeto dessa Frente Suprapartidária contra a Covid é comprar 13 milhões de doses da vacina russa, apesar da malimolência de Ratinho Junior e de Bolsonaro.

“O ex-ministro trouxe informações muito relevantes sobre o processo de compra”, avaliou o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB). Ele ressaltou que há empresas se apresentando como representantes de laboratórios produtores de vacinas e é preciso ter segurança na relação comercial. Ou seja, há golpistas na praça.

Segundo Gabas, os estados do Nordeste fizeram as negociações diretamente com o Fundo Soberano da Rússia, com a participação de diplomatas e outras autoridades do governo russo. Ele informou que a venda da vacina não está sendo realizada por terceiros. “Não estamos lidando com vendedor de esquina”, explicou.

O Fundo Russo dispõe de 13 milhões de doses para venda, objeto de interesse da Frente Suprapartidária do Paraná –sem Ratinho e sem Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM
Deputado bolsonarista defende tratamento precoce após contrair covid; cientistas desaconselham

PT dribla Ratinho Junior e assume articulação da compra de 13 milhões de vacinas no Paraná

Vacina JÁ é urgente