Maia vai aceitar todos os pedidos de impeachment contra Bolsonaro, dizem aliados

Compartilhe agora

Aliados do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já dão como certa a abertura de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.

Correligionários de Maia dizem que serão aceitos todos os 62 pedidos de impeachment ainda nesta segunda-feira, dia 1º de fevereiro, na constância da eleição na Câmara.

Maia usará como estopim político a interferência de Bolsonaro no DEM, que, em reunião de bancada, abandonou o bloco da candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) –apoiado pelo presidente da Câmara.

A abertura de todos os 62 pedidos de impeachment, de única vez, é aplaudida pelos partidos de esquerda e grupos progressistas no Congresso.

Ao aceitar os pedidos protocolados na Câmara, Rodrigo Maia cria um fato político relevante e coloca seu candidato de volta no páreo.

Enfim, Maia parece estar muito próximo de usar a “bala de prata” no seu último dia como presidente da Câmara.

Antes tarde do que nunca.