Boulos lança Gabinete Paralelo de São Paulo nesta quinta-feira

Compartilhe agora

Nesta quinta-feira (11), o PSOL vai lançar o Gabinete Paralelo da Cidade de São Paulo para fiscalizar as políticas públicas e apresentar projetos para solução dos problemas urbanos do município governado por Bruno Covas (PSDB). O lançamento acontecerá às 19h com uma live nas redes sociais do ex-candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, que comandará o Gabinete Paralelo.

Vão participar do lançamento do Gabinete Paralelo, além Guilherme Boulos, a coordenadora do gabinete Camila de Caso, a urbanista Raquel Rolnik, que idealizou a proposta, Celso Carvalho, responsável pelo GT de planejamento urbano, meio ambiente e mobilidade, Marco Antônio Rocha, do GT de economia trabalho e finanças, e Deise Benedito, do GT de segurança e direitos humanos.

LEIA TAMBÉM
Ministério Público da Bolívia indicia general aposentado por atuação em massacre

Governo Bolsonaro se mostra tão ruim quanto o de FHC; varejo tem pior desempenho em 20 anos

Mainardi chama Haddad de ‘poste de ladrão e imbecil’ e petista rebate: ‘Você é problemático’

Guilherme Boulos chegou ao segundo turno das eleições municipais de São Paulo em 2020 e obteve mais de 2,2 milhões de votos dos paulistanos. “O debate político e de propostas não pode se dar apenas em ano eleitoral”, alerta.

“Me reuni com um grupo de intelectuais, ativistas, que construíram ativamente nosso programa de governo aqui em São Paulo, que atuou de maneira muito firme na campanha, e o principal encaminhamento desse encontro foi organizar um gabinete paralelo, a exemplo das experiências do partido trabalhista inglês, com o objetivo de monitorar e acompanhar todas as políticas da cidade de São Paulo”, conta Guilherme Boulos.

“Nós temos uma responsabilidade política com os votos que tivemos na cidade. Eu vou girar o país, mas vou estar com o pé aqui em São Paulo, dialogando, envolvido nas lutas e debates da cidade”, conclui.

As informações são do PSOL