Senador Arolde de Oliveira morre no Rio vítima de Covid-19

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu nesta quarta-feira (21), aos 83 anos, vítima de Covid-19, doença respiratória causada pelo sars-Cov-2. Ele estava internado desde o início do mês.

De acordo com uma postagem nas redes sociais do senador, ele sofreu falência múltipla dos órgãos em função da doença. “A família agradece o carinho e orações”, afirma o comunicado.

Economista, engenheiro, militar e professor, Arolde de Oliveira foi deputado federal por nove mandatos consecutivos, entre 1984 e 2019, e chegou ao Senado no ano passado ao conquistar 2.380.780 votos nas eleições de 2018.

LEIA TAMBÉM:

Candidata Pica do PT promete ‘trabalhar duro’ e ganha fama nacional

Bolsonaro fez o povo de cobaia com a cloroquina, diz PT

Datena sofre faniquito ao vivo com vídeo de Bolsonaro; assista

Ao longo da carreira, ele foi filiado aos partidos PDS (1982-1986), PFL (1986-2007), DEM (2007-2011), PSD (2011-2017), PSC (2017-2018) e, desde 2018, era do PSD. O primeiro suplente de Arolde de Oliveira, que deve assumir o cargo no parlamento, é Carlos Francisco Portinho.

Arolde era um aliado político do presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro.

Compartilhe agora