Japão: Yoshihide Suga deverá ser confirmado sucessor de Shinzo Abe no cargo de premiê

O Partido Liberal Democrático (PLD), maior legenda governista do Japão, elegeu nesta segunda-feira (14) para seu presidente o secretário-chefe do Gabinete japonês, Yoshihide Suga.

Assim, está praticamente certa a sucessão pelo político de 71 anos de idade do primeiro-ministro, Shinzo Abe, que anunciou no mês passado a intenção de deixar o cargo por problemas de saúde.

Suga conquistou 377 dos 535 votos em disputa, superando os seus dois adversários: o ex-secretário geral do PLD Shigeru Ishiba e o atual presidente do conselho político da sigla, Fumio Kishida.

LEIA TAMBÉM
TV Record, da Igreja Universal, rebate a TV Globo; assista

Presidente Bolsonaro sugere que Congresso derrube veto ao perdão de R$ 1 bilhão às igrejas

Eleições 2020: PT luta por “frentinha” contra “frente ampla” de Rafael Greca em Curitiba

O principal porta-voz do governo do Japão, Yoshihide Suga, anunciou as suas prioridades. Ele quer levar adiante a reforma administrativa em curso para dar maior eficiência ao governo.

Além disso, afirma que criará um sistema de seguridade social capaz de proteger os beneficiários, sem deixar de encorajá-los a se proteger mutuamente.

Legisladores do Parlamento vão escolher formalmente quarta-feira (16) o novo primeiro-ministro do Japão.
É quase certa a escolha de Suga já que as duas casas legislativas do Parlamento estão sob controle da coalizão liderada pelo PLD.

Após a escolha, na quarta-feira, haverá a nomeação dos ministros que vão compor o novo Gabinete.

A informação é da NHK, emissora de rádio e TV pública do Japão.