Deltan Dallagnol vai a julgamento dia 7 por powerpoint contra Lula

O k-suco ferveu para o procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa Lava Jato, que, na próxima terça-feira (7 de julho), irá a julgamento no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) no caso do powerpoint contra o ex-presidente Lula.

Trata-se de uma presentação feito pela defesa do petista, em 2016, após Deltan apresentar à imprensa –via a multimídia– a denúncia contra o ex-presidente no caso do tríplex de Guarujá (SP).

Na época, a apresentação do procurador no powerpoint embasou a acusação oferecida contra Lula de relação ao fatos relacionados à corrupção na Petrobras.

Clique aqui para ler a íntegra da representação de Lula contra Deltan Dallagnol no CNMP

Além de Deltan, a defesa do petista também pede providências do CNMP contra os procuradores Júlio Carlos Motta Noronha e Roberson Henrique Pozzobon.

Para Lula, os procuradores da Lava Jato transgrediram os deveres funcionais e as regras ao não observar a presunção da inocência do acusado, além, argumenta o petista, de tentarem criar um inaceitável “processo penal paralelo” por meio da imprensa (trial by media).

Na representação, o ex-presidente pede que o CNMP afaste os procuradores da força-tarefa Lava Jato e que se abstenham de usar a estrutura e recursos do Ministério Público Federal para manifestar posicionamentos políticos ou, ainda, jurídicos que não estejam sob atribuição dos mesmos.

LEIA TAMBÉM