[Ao vivo] Fla x Flu – Final do Campeonato Carioca 2020

Assista ao vivo ao primeiro jogo da final Fla x Flu do Campeonato Carioca 2020.

Com intervenção de Bolsonaro, SBT vai transmitir Fla-Flu na final do Carioca

O Flamengo venceu o Boavista por 2 a 0 no Maracanã, no dia 1º de julho, com transmissão no FlaTV (canal no Youtube). O time da Gávea se baseou na Medida Provisória 984/2020, editada por Bolsonaro, para romper o contrato de exclusividade com a Globo e agradar o presidente da República.

No dia seguinte, 2 de julho, em nota, a Globo informou que não iria mais transmitir o Campeonato Carioca após a intervenção de Bolsonaro por meio da MP do Flamengo:

“A Globo entende que a Medida Provisória não poderia alterar um contrato celebrado antes de sua edição e protegido pela Constituição. Como a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e os demais Clubes não foram capazes de garantir a exclusividade prevista no contrato, não restou à Globo outra alternativa além da rescisão e o encerramento das transmissões dos jogos do Carioca”, comunicou a emissora.

O artigo 42 da MP afirma que “pertence à entidade desportiva mandante o direito de arena sob o espetáculo desportivo, consistente na prerrogativa exclusiva de negociar, autorizar ou proibir a captação, fixação, a emissão ou transmissão, a retransmissão ou a reprodução dos direitos de imagem, por meio ou processo, do espetáculo desportivo”.

Como não existe espaço vazio nem na política nem no campo, o SBT não deixou barato e entrou em cena.

A Loterj, loteria estadual do Rio, é uma das patrocinadoras da transmissão do SBT na próxima quarta.

A transmissão do Fla-Flu da semana que vem será o primeiro evento de futebol do SBT, em 17 anos, no eixo Rio-São Paulo.

A última investiga da televisão de Silvio Santos e Ratinho no futebol ocorreu em 2003, quando o SBT comprou o direito de transmissão do Campeonato Paulista. Na época, uma guerra jurídica com a Globo inviabilizou o projeto. Agora, no entanto, a emissora de Osasco (SP) tem a retaguarda do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes.